quinta-feira, 4 de outubro de 2012

E o vuco-vuco? O que mudou?

Ei gatonas, como estão? Tudo bem cocêis?

Então, marido trabalhando, e eu pensando aqui com meus botões (mentira, tem botão nenhum aqui! Cheguei da academia as 10 e não tomei banho ainda!kkk)

Pois bem... Estava pensando no que muitos homens reclamam, que quando se casam o sexo diminui, mas é verdade isso??

Veja bem, estava fazendo contas, isso mesmo!!! E percebi que o que acontece não é a diminuição do ato em si, a diferença, é que normalmente os casais moram separados, e se vêem mais no final de semana, e poucas vezes durante a semana.

Aí é que a coisa engana... Se fizerem uma vez a cada dia juntos, teríamos uma média de três vezes na semana!!!

Conversando com algumas meninas, e dando uma pesquisada por aí, ouvi várias coisas, gente que faz amor todo dia, gente que vai uma vez por semana, enfim... A média em que cheguei, foi de três vezes por semana. Lógico que isso não é regra, é uma média... Tem semana que a gente está mais empolgada, semana que está menos, quando briga... As variáveis são muitas!

Mas e o lance de que isso diminui? Então, acho que muita gente tem a ilusão de que dormindo junto todo dia, vai rolar todo dia... Se isso acontece com vc, beleza! Eu não consigo! rsrsrsrs Admiro quem consegue, mas comigo não rola!!! Se deixar pelo marido, é "todo dia, toda hora", e acredito que com a maioria dos homens seja assim! E por isso a impressão de que o "rendimento" cai.

É complicado né? Necessidades de um diferentes da do outro... Não sei vocês, mas para mim tem dias que só ficar deitada abraçadinha ou umas boas beijocas superam o rala e rola em si.

Os homens são facilmente estimulados pela visão, toque e qualquer coisa já se animam. Com a gente o buraco é mais embaixo, literalmente! Então, maridón quer muito e vc não está muito animada? Peça que ele te anime! Peça uma massagem, beijocas, estimulação e veja se entra no clima. Se não rolar, recompense-o pelo esforço outro dia, mas diga que na hora não rolou, mas que tudo é válido e muito gosto entre os dois, mesmo que não chegue aos finalmentes. Se animou? Beleza, manda bala! Não quer tentar? Seja sincera e diga que hoje não rola, e que se vc se forçar a fazer, não vai ser gostoso para vc e para ele vai ser como uma boneca inflável rs!

O que não pode deixar é a peteca cair e largar esse ponto importante da vida a dois para lá não é mesmo??

E aí, alguma dica?

Beijocas

Fabi adverte: Invente coisas novas, visite uma sex shop, ou mude suas lingeries, isso pode ajudar a animar as coisas!

7 Pode falar...:

dani Paulino disse...

menina!! vc disse tudo...rsrrs pq as vezes a gente pensa que essas coisas acontecem só com a gente... é bom ver que acontece com a grande maioria...rsrsrrsrs
beijos

Carla disse...

Eu acho que depois que a gente casa, damos mais importancia a qualidade do que a quantidade!
No começo eu queria todo dia, mas agora???kkkkkk não da nao, quero chegar em casa e dormir logo!rsrsrs
e o marido igual...rsrs
Fazer só por obrigação comigo tb nao rola, graças a deus q o Thiago nessa questão é super parecido comigo.
Bjus e vou te enviar e-mail.

Marisa A.R. Tamashiro disse...

Fabi, vc está fazendo dança do ventre uhulll.. Adoro, eu fazia lá em Floripa, mas não encontrei nenhum lugar pra fazer perto de casa então acabei deixando para segundo plano, quando eu mudar aí quem sabe eu recomece. E realmente eu me sinto muito desestimulada estando parada, menina minha auto estima está mais pra baixo do que eu mesmo consigo aceitar, descobri isso pensando em minha forma de agir, eu era bem mais assanhada, gostava de me cuidar, sempre comprava lingerie sexy, fazia strip tease, seduzia ao máximo, mas agora não chego nem perto da sua média.
Como pode né, não sei como mudar de cidade pode transformar tanto assim uma pessoa e isso me faz sentir muita falta do que eu era, eu gostava de ser sexy e agora me sinto uma sem graça nem eu olharia pra mim kkkk... Claro que muitas coisas me fizeram ir me transformando no que sou agora, mas não gosto nem um pouco desse meu eu, alias eu odeio esse meu eu rsrsrs...
Eespero que com essas aulas que estou fazendo eu consiga a voltar a ter uma auto estima melhor.
Ah! Não se preocupe com as passadinha lá no blog, a gente muda de foco depois que casa isso é totlamente normal, as vezes eu fico pensando se devo continuar também.
Beijinhos

Alana Tenório disse...

Fabiii... vc disse tudo mesmooo!!! Incrível como as coisas batem né?
Bjus!

Kathe disse...

Deve ser isso mesmo! Mas todo não rola mesmo hein...! ahha haja disposição!

Beijos!

Ludmila disse...

Diz o ditado que se um casal colocar um grão de feijão num pote cada vez que fizer sexo no primeiro ano de casamento e nos anos seguintes retirar um cada vez que fizer sexo o pote nunca ficará vazio, kkkk! Meu primeiro mês de casada foi uó nesses assuntos, fiquei doente e com febre e com dores... rolando nada! Mas ter o maridão me abraçando e cuidando de mim era tão bom que nem fazia falta... adorei o post! Quase ninguém fala sobre isso nos blogs de noivas e casadas! kkk! Beijoooos

Thais Galor disse...

Oi flor...
Respondendo sua pergunta.
Eu comprei aquele tapetinho na 25 de março. Numa loja chamada Doural, etm até site http://www.doural.com.br/

Beijinhos

Postar um comentário