segunda-feira, 23 de julho de 2012

Bichinhos de estimação, ter ou não ter??

Ei gatonas, como estão??

Gente, tanta gente querendo secar!!! Bem, não comecei a dieta necessariamente, mas me permiti gastar dindin do maridón e comprar umas calças para malhar (shame on me, tinha uma só...), e ontem fomos no parque caminhar e levar o Jhow para se exercitar, assim, já vou me acostumando...
Ahhh passei na academia e peguei um horário, me animei bastante agora... Como não gosto de aulas tradicionais, curti o fato de ter dança do ventre (que parei há dois anos), e dança de salão, assim posso fazer com o maridón!!!

Agora, voltando para o assunto do post, conheço algumas recém casadas que tem essa dúvida... Eu sempre tive cachorro, gosto muito, e acho que a casa fica mais alegre, mas também teremos trabalho, muito trabalho!!! Gastos, vontades, preocupações, decepções, mas também muitas alegrias, carinho, uma recepção super animada quando voltar para casa, e um amor sem limites!!!

Bem, marido diz que o Jhow apareceu na nossa vida por encomendar de algo maior, que era o destino desse ser cruzar nosso caminho...
No belo dia 05 de janeiro desse ano, marido me liga dizendo que encontraram um filhote abandonado na rua e deixaram no trabalho dele, que tinha bastante gente interessada, e não sabia o que fazer. Pedi que ele me mandasse uma foto do filhote, e me apaixonei com a cara de cão sem dono (literalmente) e olha o que eu recebi:



Agora fala se não é para morrer de amor?? Nessa hora meus instintos maternos gritaram! Não resisto a um filhote, muito menos de olhos verdes... 
Foi nesse momento que ele achou um lar, e deixou de ser um cão abandonado em uma caixa de papelão num terreno baldio, e virou o nosso pequeno tsunami chamado Jhow!

O primeiro porém foi decidir onde ele ia ficar. Como eu já tinha um cachorro, estava em casa e minha família gosta de cachorro, a decisão foi ficar comigo...
Aí começaram algumas mudanças em nossa vida, primeiro, quando eu viesse para Santo André resolver as coisas para casa e o casório, iríamos ficar na nossa casa, assim não incomodaria a sogra com choro de cachorro e outros detalhes. 
Assumimos nossa primeira responsabilidade por alguns anos, e essa responsabilidade é uma vida!!
Junto com ela, os gastos, pois decidimos dar uma ótima ração, tivemos que vacinar, comprar brinquedos, remédios, pagar veterinário e repor o que ele destruiu.

Bem, o que acontece, é que precisa ter muita paciência com os bichinhos, tem que educar, gastar, cuidar, amar, arrumar o que eles destroem, levar para passear, vacinar e também dar muito carinho e atenção. Eles são carentes gente!!!

Resumindo, eles dão trabalho, muito trabalho!! E tem que estar preparado psicologicamente para ter uma responsabilidade dessas, pois eles te acompanharão por no mínimo dez anos, e vão aprontar muito, mas muito mesmo! E isso não deve ser motivo para abandonar ou maltratar viu?? 

Porque resolvi postar isso? Ontem o Jhow aprontou feio, e eu já tive uns perrengues com ele, marido ficou doido! Brigou e deixou ele uma horinha de castigo, mas depois de limpar a bagunça dele, percebemos que ele fez a bagunça pois estava carente, por correria e um pouco de preguiça (admito), ele não gatou energias por três dias, e com cachorros grandes, isso é essencial!!!
No final das contas, em uma hora o ressentimento se foi e fomos passear com ele e tivemos momentos ótimos em família!rsrsrs

Bem, eu adoro o fato de ter uma companhia quando o Du vai trabalhar, um ser para ficar com a gente no sofá no frio, para pular na água no calor, que me acompanha sempre que eu me mecho, me segue quando lavo roupas, fica no meu pé quando estou estudando, e me lança olhares de pura devoção!!!

Gente o que vale ressaltar é: Não se empolguem com a fofura de um filhote sem ter realmente a intenção de passar por tudo isso aí em cima! Tem que ser responsável viu???

Ah, agora uma foto do meu bebê nesses dias frios! De blusa e tudo! Ahhh olhem como ele cresceu em quase 8 meses!



Bem, por hoje é só pessoal!! Ah sim, o clarão na última foto, é do aquecedor, ele fica praticamente grudado nele quando está muto frio. Acho que ele pensa que é o sol, já que todo dia, toma banho de sol!!!

Beijocas!!


Fabi adverte: Ser responsável por outra vida não é fácil não viu??

6 Pode falar...:

Carla disse...

Ah eu quero muito, mas ainda nao tive coragem de pegar nenhum pelo fato de ficar o dia todo sozinho.
E o trabalho tb conta muito.
Nos meus pais deixei lá 2 pequenos, então qdo sinto falta vou la e sequestro eles, mas ja fazem uma bagunça danada ficando umas 2 horinhas lá, imagine deixar um filhote sozinho o dia todo. Coitadinho do meu sofá!rs
Ele é lindo Fabi, semana passada mesmo estava mostrando as fotos do seu filhote para o Thiago. Ele é lindo, lindo.
Bjus

Anita disse...

Eu estava de preguiça na cama(o frio não ajuda muito), lendo blogs e pensando em só levantar pra trabalhar quando caí aqui...

Li o post, saí da cama e fui fazer uma caminhada com a minha Jujuba (uma lhasa de 02 anos que é a alegria da casa!).

Agora ela é que está de preguiça no sofá porque cansou da caminhada, rs!

Animais de estimação dão sim muito trabalho, mas pela minha experiência, vale muito a pena :-)

Gostei bastante do post!

Abs

Anita
www.anitabacana.com

Talita Medina disse...

Ai que lindão....eu tenho uma pequena Princesa um bulldog francês terrível!! mas ela é muito carinhosa e adora passear, volta mortinha de cansada...odiou grama rsrsrsr
Faz parte da família!!

Flávia Pires disse...

Gente que coisa mais lindaaaaa!!! eu tenho uma super queda por filhotes também, e o seu particularmente era muito fofo!!! Agora está lindoooooo!! Deve botar qualquer vizinho chato para correr! Eu e Marcelo queremos ter um cachorro tb, mas queremos um pequeno, já que moramos num apê quarto e sala né...
Tem selinho pra vc la no blog!! Beijosssss

Val disse...

Ai que cachorro lindo!!! Adoro cachorros grandes e ele tem uma uma carinha de "pega eu", ownnnnn que fofo!!!! Parabéns pelo bebezão, eu tbm queria ter um cachorrinho no apê, pq meu labrador foi "adotado" pelo meu pai kkkk, mesmo se eu fosse morar numa casa com quintal, ele não deixaria eu levá-lo, o shitzu que temos tbm é companhia para minha mãe, então, só posso levar ele para dormir lá no apê de vez em quando kkkk. Bjs.

Hellen Vivi disse...

Que fofinho...eu quero um também, todo charmosão seu auauau.
Gostei do blog e já estou seguindo, bjooos
Esse é o meu http://refletindonossoamor.blogspot.com.br

Postar um comentário